CORONAVÍRUS Q&A

Qual a origem deste vírus?

É uma variação da família Coronaviridae, que tem a capacidade de infectar animais e humanos. Outras variações já identificadas previamente são conhecidas como SARS-CoV e MERS- CoV, ambas transmitidas originalmente dos animais para humanos. O atual vírus que está infectando as pessoas na China é chamado 2019-nCoV. Os primeiros casos surgiram em pessoas que frequentaram um mercado, em Wuhan, onde são comercializados animais vivos.

Qual o período de incubação do 2019-nCov?

O período médio entre o contato com o vírus e inicio da sintomatologia é de 7 dias, podendo variar de 2 a 14 dias.

Quais são os sintomas?

O quadro clínico pode variar desde um resfriado comum até pneumonia. Os sintomas são febre, tosse, podendo evoluir com falta de ar e insuficiência respiratória. Como é um vírus novo, não se sabe sobre a evolução em gestastes e recém-nascidos.

Qual o tratamento?

Não há nenhuma medicação específica para combate ao vírus. O tratamento é de suporte conforme a sintomatologia de paciente.

Quem é considerado um possível caso da doença?

Pessoa que apresente sintomas respiratórios e nos últimos 14 dias tenha  histórico de viagem para países com transmissão ativa do 2019-nCoV como a China  ou tenham tido contato próximo com caso suspeito ou confirmado para 2019-nCoV.

Como está a situação no Brasil?

Está ocorrendo a propagação da doença para outros países além da China, já foi demonstrado que o vírus pode ser transmitido de uma pessoa a outra. No Brasil, até o momento não temos nenhum caso confirmado, porém há possibilidade do aparecimento de casos.

Como se proteger do vírus?

As medidas de proteção contra o Coronavírus são semelhantes à de resfriados e da gripe. Manter a constante higiene das mãos com álcool gel ou água e sabão. Cobrir a boca e nariz ao espirrar e tossir. Evitar contato próximo com pessoas com sintomas respiratórios. Evitar lugares fechados e aglomerados. Evitar viajar para países com transmissão ativa da doença. Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Para esta nova variante do Coronavirus, não há vacina até o momento.

Quais os cuidados devemos ter nesse momento em relação a visitas nos hospitais e maternidades?

Todo visitante procedente de algum país com transmissão ativa do Coronavírus ( por exemplo a China) nos últimos 14 dias deverá evitar frequentar o ambiente hospitalar.

Vale ressaltar que não recomendamos que qualquer pessoa que apresente sintomas como febre e/ou coriza e/ou tosse frequente ambiente hospitalar enquanto estiver com sintomas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *