Qual é o papel do pai antes, durante e depois do nascimento

Até algumas décadas atrás, o cuidado na fase inicial do bebê era exclusivamente por parte das mães. No entanto, esse comportamento tem mudado. O homem está assumido um novo papel, essencial para o desenvolvimento dos filhos, com uma presença mais constante e o conhecimento de que seu afeto e cuidado podem fazer diferença a longo prazo para a criança. As mães – que precisam de apoio e suporte durante esse período – também estão mais propensas a confiar na figura paterna, dividindo as tarefas do bebê e da rotina da casa conforme a participação dos companheiros.

Um teste realizado pela Imperial College London, pelo King’s College e pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, comprova cientificamente que filhos de pais que se envolvem na sua criação e no seu dia a dia apresentam melhor desempenho em testes cognitivos. Se você está prestes a se tornar pai ou já vive seus dias ao lado desses pequenos, confira algumas dicas para apoiar sua família como ela precisa nessa jornada, estabelecendo um vínculo forte com o bebê e fortalecendo o que você já tem com a sua esposa.

Durante o Pré-Natal, é importante prestar atenção nas mudanças que a mulher passará fisicamente e emocionalmente. Participar da escolha do médico obstetra, do pediatra, da maternidade e até do momento do parto é essencial para que sua companheira se sinta segura e amparada. Estar presente nas ultrassonografias, ouvindo as batidas do coração do bebê e descobrindo se seu desenvolvimento está de acordo com o esperado é uma oportunidade para você sentir na pele o crescimento do seu pequeno. Você também pode aproximar ainda mais seu contato conversando com ele a partir do 5º mês – possibilitando que ele reconheça mais facilmente sua voz ao nascer.

No Hospital e Maternidade Santa Joana, o vínculo do trinômio (Mãe, Pai e Recém-Nascido) é estimulado desde o início com a nossa política de acompanhante: o pai pode acompanhar todos os momentos ao lado da sua esposa, desde a consulta e procedimentos do pronto atendimento, até a saída do hospital.

Na hora do Parto, você pode participar ativamente com o auxílio na realização dos exercícios e de massagens – sempre respeitando a via de parto escolhida pela mãe. Logo após o nascimento, você pode pegar o bebê no colo e apresentá-lo para a família por meio do nosso visor plasmático, além de integrar a hora dourada: momento em que mãe e bebê ficam unidos no contato pele a pele e que pode acontecer a primeira mamada.

Durante a internação, você terá chance de aprender mais sobre o banho, troca de fraldas e outros cuidados com nossas enfermeiras especialistas, te dando confiança para auxiliar sua parceira nessa nova fase cheia de desafios. Também é indicado que você cuide dela, controlando as visitas – o descanso é essencial para a mãe e o bebê nesse período.

Em alguns casos, o bebê pode ir para a UTI Neonatal. Lá, o pai também exerce papel fundamental podendo realizar o método canguru, estimular o bebê com carinhos e conversas, apoiar a esposa no lactário para o mantimento da amamentação e aprender sobre os cuidados necessários com seu pequeno após a alta.

No Pós-Parto, participe dos primeiros cuidados com o recém-nascido ainda na maternidade e, já em casa, envolva-se no banho, na troca de fraldas, nas consultas e até no aleitamento. Estipule uma rotina de momentos seus com a criança, fortalecendo o vínculo entre vocês. Esse é o período mais desgastante para a mãe, por isso, a divisão de tarefas domésticas é essencial para que ela possa manter a amamentação até, pelo menos, seis meses. Cuide da sua esposa com pequenos gestos: cozinhe, mantenha sempre água próxima a ela, lembre-se que, em boa parte do tempo, ela tem apenas uma mão para fazer o que for necessário e tenha paciência: para muitas mães, as mudanças hormonais e psicológicas desse período são muito mais intensas do que as da gravidez.

A rede de apoio é fundamental, converse com familiares e amigos e veja como eles podem colaborar para que a sua família viva esse momento com mais leveza.

Um pai presente em todos os momentos é a maior certeza de que sua nova família terá um início mais tranquilo e o grande beneficiado será seu filho.

Share

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*