Monitorar os movimentos do bebê na barriga pode prevenir problemas na gravidez

Os movimentos do bebê geralmente aparecem na 20ª semana de gestação, porém, quando o bebê parece se mexer bem menos do que o normal, é preciso atenção médica.

Nos Estados Unidos, cinco mães criaram um aplicativo chamado Count The Kicks (Conte os Chutes, em português), depois de terem perdido um filho por morte súbita infantil e óbito fetal, que poderiam ser detectados pela falta de movimentos do bebê.

A contagem feita pelo aplicativo não informa um número exato, fornecendo apenas uma média na atividade de cada bebê, porém, graças a ele, a americana Emily Eekhoff salvou a vida da sua filha, ao perceber que o número de chutes havia caído drasticamente. Ao chegar ao hospital, Emily descobriu que o cordão umbilical havia se enrolado no pescoço da bebê, dificultando sua respiração.

O Dr. Alberto D’Auria, obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, destaca que o fato do bebê estar parado nem sempre significa problemas. “Me preocupa a obsessão em contar movimentos, que pode gerar angústia desnecessária da mãe sem trazer benefícios reais”, diz. Ele ressalta ainda que o óbito fetal acontece por volta da 22ª semana de gestação por vários fatores, principalmente doenças congênitas e fatores de risco, como a pré-eclâmpsia e a diabetes gestacional. “Entendo que o aplicativo pode ser interessante nessas situações, onde já existe preocupação com o bem-estar uterino”, completa D’Auria.

Como contar os chutes?

A Associação Americana de Ginecologia e Obstetrícia dá algumas orientações para monitorar os movimentos do bebê. Primeiro, é necessário saber que a contagem deve partir do terceiro trimestre da gravidez. Depois, deve-se medir a quantidade de chutes uma vez por dia, no mesmo horário. Se o bebê antes se mexia dez vezes em meia hora e agora demora duas horas, por exemplo, é preciso ficar atenta e buscar por uma avaliação médica.

Saiba mais sobre o assunto, lendo a matéria completa no site Bebê.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *