Crianças podem ser vegetarianas?

A opção de algumas famílias por eliminar a carne de sua dieta geralmente leva a essa dúvida: e quanto às crianças? Elas também podem seguir uma alimentação que dispense o consumo de carnes?

Para Luciana da Costa, nutricionista do Hospital e Maternidade Santa Joana, a rotina nutricional isenta de carnes (branca e vermelha) pode ser uma grande aliada da saúde e passível de aplicação logo na infância. “Habitualmente, ela apresenta menor percentual de gorduras saturadas e colesterol. Há inúmeros estudos demonstrando seus benefícios, que vão desde a redução da pressão arterial, menor risco de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e patologias do intestino (de diverticulite até incidência de câncer nesse órgão)”, diz.

Segundo ela, o crescimento e o desenvolvimento podem ser adequados, contanto que as refeições sejam muito bem planejadas. Esse planejamento é fundamental. “A dieta vegetariana só será prejudicial se for rica em carboidratos simples, especialmente doces e guloseimas, não possuir equilíbrio e combinações de cereais e leguminosas adequadas, sem variedade na seleção do que vai ao prato”.

Para ler a reportagem completa, acesse aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *