O frio chegou. Cuidado com as doenças da época, gestante!

Demorou, mas chegou. O tempo frio deu as caras na região Sudeste nesta semana e, com ele, chegam os resfriados, gripes, rinites, sinusites. Se já é ruim para pacientes “normais”, pior ainda para gestantes, que além do mal estar ainda ficam em dúvida sobre o tratamento, ficando inseguras se podem ou não se medicar.

Segundo Dra. Carla Ferreira Kikuchi, obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, as doenças mais comuns nessa época do ano são as que atingem o trato respiratório. No caso da gestante, o cuidado tem que ser redobrado uma vez que a administração de medicamentos é realmente limitada. “É importante uma orientação do obstetra para avaliar a necessidade de medicações. Geralmente, repouso relativo e hidratação são os procedimentos mais recomendados”, diz a obstetra.

Outra dúvida muito comum das gestantes diz respeito à vacina contra gripe. Ela não só é permitida como altamente recomendável, já que as gestantes fazem parte do chamado grupo de risco, que inclui idosos e crianças. “A vacinação contra a gripe diminui a chance de complicação, inclusive de sinusite e pneumonia”, diz Dra. Carla. A proteção do bebê também é feita de forma indireta por meio dessa vacinação, conferindo imunidade ao recém-nascido durante os seis primeiros meses de vida. A gestante pode tomar a vacina tranquilamente, sem risco de efeitos colaterais, desde que não tenha alergia a ovo.

No caso de asma e rinite, o acompanhamento do obstetra e do pneumologista é indispensável, principalmente para a administração de medicamentos específicos. “Além disso, medidas simples como o controle ambiental, evitando o contato com alérgenos – ácaros e odores fortes – e mudanças bruscas de temperatura podem ser medidas preventivas, garantindo uma gestação mais agradável”, explica a médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *