Hora do parto: como a dilatação é medida?

As contrações são responsáveis pela dilatação do colo uterino

A contração uterina ritmada e prolongada é um dos sinais mais importantes do trabalho de parto. Elas são responsáveis pela dilatação do colo do útero para a passagem do bebê, pelo canal de parto.

O exame de toque é utilizado para se verificar a dilatação do colo, que chega até 10 cm. “O exame de toque também avalia a espessura do colo do útero da gestante – que pode ser grosso, médio ou fino, de acordo com a intensidade das contrações. Quanto mais fino está o colo, mais rápido a dilatação acontece. Na primeira gravidez, o colo afina antes de dilatar; a partir da segunda gestação, esses dois movimentos ocorrem simultaneamente”, explica Ana Cristina Palmieri, coordenadora de enfermagem do Centro Obstétrico do Hospital e Maternidade Santa Joana, ajuda nessa tarefa.

Esse exame deve ser feito em função das contrações. “À medida que a duração das contrações aumenta, e que o intervalo entre elas diminui, é necessário fazer o exame de toque com mais frequência. Teoricamente, o colo dilata-se um centímetro por hora, mas tudo depende da contração”, acrescenta.

Procure manter-se tranquila. Em breve, você poderá conhecer seu bebê, e perceberá que toda a ansiedade passou. Exercícios de respiração são importantes para ajudar nesse processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *