Pré-natal: por que fazê-lo?

28/01/2015 Atualizado há 6 anos

Os sinais vitais da gestante são avaliados durante a consulta de pré-natal

De maneira simples e objetiva: porque o acompanhamento pré-natal é fundamental para uma gestação saudável. Nessa fase, o obstetra pedirá uma série de exames e indicará medidas importantes para garantir uma boa saúde para a mulher e para o bebê.
“O mais importante, na Obstetrícia, é o diálogo com a paciente. Um pré-natal bem feito minimiza muito o trauma, os sustos e as complicações, tanto para a mãe quanto para o feto”, explica Dr. Luiz Fernando Leite, obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana.  Segundo o obstetra, esse profissional recomendará uma dieta saudável e dará orientações para atividade física.
“Nem todo obstetra dispõe de ultrassom no consultório, e isso não é obrigatório. Fundamental é ver os sinais vitais da mãe (pressão, frequência respiratória), escutar a frequência cardíaca do bebê e fazer o exame de toque para saber se o bebê está encaixando, se está dilatando ou não. Para quem dispõe de um aparelho de ultrassom, é possível fazer o controle do líquido amniótico, controle de Doppler; entre outros”, esclarece.
Uma mulher que faz o devido acompanhamento pré-natal vai muito mais tranquila para o parto. Essa segurança será refletida na amamentação. Diante de todos esses benefícios, se você descobrir que está grávida, procure imediatamente a orientação médica.

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624

Agendar visitaAgende uma visita, vamos adorar receber você.Quero agendar uma visita