Volta ao trabalho: o “segundo parto”?

Antes de escolher a escola ou berçário, a família deve analisar várias opções

Depois do período de licença maternidade, a família precisa se preparar para um segundo momento de separação – a volta ao trabalho da nova mamãe. Para não sofrer com esta nova fase como se fosse um “segundo parto”, o ideal é planejar-se antes, como orienta a psicóloga Salete Arouca, do Hospital e Maternidade Santa Joana.

Alguns mitos da volta ao trabalho precisam ser enfrentados e avaliados neste momento. Por exemplo: bebês que vão cedo para o berçário ficam doentes com maior frequência?

Estatisticamente, sim, pois nesse ambiente as crianças têm contato com outras crianças e, por serem pequenas e não estarem com o sistema imunológico maduro, tendem a adoecer mais facilmente. Algumas precauções podem ser tomadas pelos pais, na hora de escolher uma escolinha ou creche, como optar por locais que mantenham número reduzido de crianças na mesma sala, com boa ventilação e iluminação natural, além de supervisão médica e equipe bem treinada. É sempre conveniente ter uma alternativa para quando a criança está doente, pois nesses casos não é indicado levá-la para o berçário.

Quer saber mais sobre este tema e muitos outros do universo mamãe e bebê? Aproveite para acessar o Curso de Gestantes Online Santa Joana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *