Você sabia que doenças do bebê podem ser tratadas durante a gestação?

Algumas doenças congênitas podem ser diagnosticadas e tratadas com o bebê ainda no útero. É o que explica Dr. Antônio Fernandes Moron, obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, no Curso de Gestantes Online.

“Com o avanço da Medicina Fetal e dos equipamentos de imagem, hoje é possível diagnosticar várias síndromes e malformações ainda na gravidez. O ultrassom morfológico, realizado na 12ª semana, averigua a chamada translucência nucal – quantidade de líquido acumulada na nuca do bebê. Por meio de um indicador, é possível indicar se o bebê tem alguma malformação como síndrome de Down ou mielomeningocele (que pode gerar retardo mental e problemas de locomoção)”, esclarece o obstetra. Alguns exames invasivos também podem ser realizados, como a biópsia de vilo corial (BVC) – que examina partes da placenta entre a 11ª e a 14ª semana de gestação.

As cirurgias intrauterinas podem corrigir alguns desses problemas congênitos – entre eles, a mielomeningocele, a hérnia diafragmática congênita, a hidrocefalia, algumas cardiopatias. “Trata-se de um procedimento altamente experimentado, com alto nível de segurança. O risco maior é o de parto prematuro, por isso a gestante que se submete a esse tipo de cirurgia precisa ficar em repouso até o fim da gestação”, acrescenta.

Saiba mais sobre medicina fetal e outros conteúdos em nosso Curso de Gestantes Online, aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *