Minha filha tem corrimento. Isso é normal?

Visitas de mães com filhas ao ginecologista queixando-se de corrimento são muito comuns. É importantíssimo que essa secreção seja avaliada por um profissional habituado à consulta ginecológica de crianças, pois uma abordagem correta é fundamental para o sucesso do tratamento.

O corrimento em crianças aparece por uma série de fatores, que podem ser relacionados a aspectos anatômicos, tais como grandes lábios menores, ausência de pêlos pubianos, pele da região vaginal mais fina pela falta de hormônios que são produzidos apenas na fase adulta e proximidade da vagina com o ânus favorecendo a contaminação.

Existem, ainda, os fatores que podem ser modificados, tais como higiene inadequada, uso de roupas apertadas e de material sintético, irritantes locais como perfumes, cremes, sabonetes, etc., bem como diabetes e uso de corticóide, além do abuso sexual.

Se sua filha se queixar de uma secreção amarelada na calcinha, não hesite em levá-la a um especialista. Ele pedirá os exames adequados e descobrirá qual é a melhor solução para o problema.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *