• Home
  • blog
  • Repouso na gestação não evita parto prematuro. É verdade?

Repouso na gestação não evita parto prematuro. É verdade?

15/10/2012 Atualizado há 8 anos


Verdade. O repouso, sozinho, não previne. Sempre é indicado o repouso como medida de prevenção às gestantes de múltiplos, por exemplo, ou que possuem fator de risco para parto prematuro, porém não há garantias de que o parto prematuro não acontecerá do mesmo jeito.
Há também o repouso absoluto, em que a grávida não se pode mexer da cama a não ser que seja para ir ao banheiro, o moderado, que permite que a mulher se mexa da cama para o sofá e ande pela casa, mas sem sair para a rua e realizar nenhum esforço.
Essa situação de repouso pode desanimar a gestante, que não poderá comprar as roupinhas ou planejar tudo como gostaria. Uma vez que já se consciencializou da sua nova situação, ela precisa modificar seus planos e sua rotina e adaptá-la à cama ou ao sofá da sua sala. A primeira coisa que terá que organizar é a sua casa, já que não poderá colaborar nas tarefas do lar. Se o seu marido trabalha muito e não pode ajuda-la, aproveite a ajuda que seguramente a sua mãe ou a sua sogra lhe vão oferecer. Deixe que a mimem, você merece!
 

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624

Agendar visitaAgende uma visita, vamos adorar receber você.Quero agendar uma visita