Imprensa

Tamanho do Texto:

Novidades do mês de Março 2013

01/03/2013

Mulher bonita e cheia de charme exibindo a barriguinha

No mês de março, profissionais dão dicas para as mulheres passarem pelas mudanças do período gestacional sem perderem a autoestima e a feminilidade 

Mesmo antes de nascer, a mulher já cultiva sua feminilidade, seja por meio do lacinho dado pela vovó coruja ou pelo vestidinho cor-de-rosa comprado pela mamãe ansiosa. Isso já revela todo o encantamento que envolve o mundo feminino, afinal, toda mulher, independente do estilo, das crenças ou ideais, gosta de se sentir linda. Mas, durante a gestação ou no período de pós-parto, uma combinação que mistura diversos sentimentos a um turbilhão de hormônios, sem contar com uma grande mudança na vida social, acaba bagunçando a autoestima de muita mulher. Por isso, no mês de março em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, profissionais dão dicas para quem quer cultivar a bela essência feminina, mesmo nos períodos mais intensos da gestação.

Muitas coisas mudam no corpo da mulher durante a gestação, a barriga e os seios são os mais evidentes, mas as diferenças poderão ser sentidas também na pele e nos cabelos, por exemplo. A pele do corpo e do rosto, normalmente, fica mais macia durante a gravidez, já que se retém mais líquido do que antes, mas também poderão aparecer aquelas famosas manchas na pele. Para evitar isso, Dr. Luiz Fernando Leite, ginecologista obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana explica, ‘’É importante passar bloqueador solar no rosto todos os dias, inclusive em dias nublados e chuvosos’’. Para aquelas que já encontraram essas manchinhas ao se olharem no espelho, o médico tranquiliza. “Caso essas manchas tenham aparecido, não precisa se desesperar, pois elas podem ocorrer em cerca de 75% a 90% das gestantes, mas tendem a sumir após o parto”.

Não descuidar da pele nesse período é essencial, as dicas são tomar banho de sol com atenção ao horário correto: até às 10h e após às 16h e sempre limpar bem a pele com um sabonete neutro, sem esquecer-se de um hidratante. Já na pele da barriga e dos seios, o ideal é sempre passar um hidratante, evitando a região das aureolas, pois essas partes do corpo ficam muito esticadas devido ao aumento de tamanho, com isso, podem coçar um pouco e ficar mais secas do que o normal.

No quesito maquiagem: pó, base, blush, batom, sombra, máscara para cílios, delineadores etc, estão liberados, pois os principais componentes utilizados nesses produtos são os corantes, na  maioria inorgânicos, que não têm absorção da pele, portanto, não apresentam nenhuma contraindicação durante toda a gravidez.

Os cabelos também não precisam ficar descuidados e a mulher pode manter o tom desejado. “A opção é utilizar uma coloração à base de henna 100% natural, que não contêm iodo ou amônia em sua composição e, portanto, não prejudicam o feto’’, conta dr. Leite.

A circulação sanguínea da mulher também é afetada durante a gestação, o que pode implicar no aparecimento de varizes. Para evitá-las, a mulher pode lançar mão de meias de compressão suave ou média, além disso, a drenagem linfática para gestantes ajuda a reduzir a retenção de líquidos e deve ser feita com movimentos leves.

Para um corpo saudável com uma silhueta bonita, é fundamental uma alimentação equilibrada e fracionada, contado com 5 a 6 refeições ao dia. ‘’A alimentação da gestante precisa conter, especialmente, o ferro que está presente em alimentos como fígado, feijão e verduras; o Cálcio, presente em leite, queijo e gergelim; sem esquecer-se das vitaminas do tipo A, encontrada na gema do ovo, frutas e vegetais amarelo-alaranjadas, e do tipo B das frutas secas e cereais integrais’’, orienta a supervisora de nutrição do Hospital e Maternidade Santa Joana, Luciana Costa. É importante, ainda, evitar os maus hábitos alimentares como a ingestão de frituras, gorduras, doces e lanches muito calóricos, e consumir bastante água, manter-se hidratada contribui para o funcionamento intestinal e, conseqüentemente, melhora a pele.

Cuidando direitinho da dieta, a gestante pode engordar, em média, 1,0 a 1,5  quilos por mês durante toda a gestação. ‘’Isso é o ideal, pois se a grávida engordar uns 10/12 quilos nos 9 meses, terá muito mais facilidade de emagrecer no pós-parto e eliminar todo esse peso adquirindo em até 6 semanas”, esclarece o médico obstetra, dr. Luiz Fernando Leite.

O doutor ainda complementa que as atividades físicas não são proibidas, pelo contrário: são até recomendadas, desde que sejam acompanhadas por profissionais capacitados. “As gestantes podem fazer atividades como hidroginástica, ioga, pilates, caminhada e alongamento, por exemplo. Isso trará muitos benefícios, tanto físicos quanto mentais”, recomenta o profissional.

Apesar da vaidade, é necessário que a gestante reconheça as mudanças em seu corpo como algo necessário para o crescimento e desenvolvimento do bebê. O companheiro também pode exercer um papel fundamental em elevar a autoestima da mulher, traduzindo seu afeto em gestos, palavras de incentivo e massagens, por exemplo.

Conversar com amigas que já tiveram filhos ou com outras grávidas é uma boa maneira de descobrir o jeitinho de cada uma em lidar com todas essas mudanças, sem esquecer de que o médico sempre deve ser consultado antes de qualquer escolha. E, lembre-se, cuidar de si, principalmente do no que diz respeito à alimentação e bons hábitos de vida, também é uma maneira de cuidar do bebê.


Voltar

Prezado jornalista, entre em contato com a nossa assessoria de imprensa Máquina da Notícia. Os telefones são:

Anna Brom

Tel.: (11) 3147 7235

Cel.: (11) 97695 6489

Marina Bianchi

Tel.: (11) 3147 7398

Cel.: (11) 99997 0384

Michelle Rodrigues

Tel.: (11) 3147 7484

Cel.: (11) 98662 5219