Imprensa

Tamanho do Texto:

Novidades do mês de Agosto 2013

01/08/2013

Semana Mundial do Aleitamento Materno contará com evento gratuito no parque do Ibirapuera

Mães e adeptos são convidados a participar de caminhada em apoio à amamentação

No sábado, dia 10 de agosto, o parque do Ibirapuera em São Paulo receberá a 3ª edição da Caminhada em Apoio à Amamentação, promovida pelo Hospital e Maternidade Santa Joana. A partir das nove horas da manhã gestantes, mães, pais e todos os que lutam pela causa iniciarão a ação que visa advertir que a amamentação é um gesto de extrema importância para a saúde do bebê e da mulher.

O encontro para a caminhada ao ar livre também contará com outras atividades relacionadas ao tema, como aula teórica e esclarecimento de dúvidas com o auxilio de profissionais da saúde. O início das atividades se dará com exercícios de alongamento. Também é importante que as gestantes levem autorização do obstetra para a prática de exercícios físicos.

Este ano, o intuito da ação é reunir o maior número de pessoas para disseminar o assunto e proporcionar a troca de experiências entre as mamães. Já que o tema da Semana Mundial do Aleitamento materno é o ‘’Aconselhamento’’, nada melhor do que a orientação correta de um especialista atrelada à troca de conhecimentos empíricos para tornar a amamentação um momento agradável, visto que amamentar não é um ato intuitivo para o ser humano, da mesma forma que os bebês não nascem sabendo mamar.

Saiba Mais:

Por que amamentar?

Amamentar ajuda a perder os quilos ganhos na gravidez e ainda é uma fonte infinita de vitaminas e nutrientes para o bebê crescer forte e saudável. O leite materno já vem na temperatura ideal, esterilizado, é de fácil digestão e não dá trabalho para preparar; protege o bebê contra infecções porque contém os anticorpos da mãe; não tem risco de contaminação, pois vai direto da mama para a boca do bebê; desenvolve e fortalece a musculatura facial, favorecendo o desempenho das funções de sucção, mastigação, deglutição e fala; reforça o vínculo mãe-filho e diminui os riscos de alergias que podem ser causadas pela introdução prematura do leite de vaca.

Além disso, do ponto de vista da mãe, o ato de amamentar contribui para diminuir as hemorragias pós-parto, devido à liberação do hormônio ocitocina, que ajuda a contrair o útero, além de prevenir doenças como o câncer de mama e a hipertensão arterial. Mães que amamentam também têm mais facilidade para voltar ao peso anterior à gravidez, tanto pela contração do útero quanto pelo gasto calórico do ato de amamentar.


Voltar

Prezado jornalista, entre em contato com a nossa assessoria de imprensa Máquina da Notícia. Os telefones são:

Anna Brom

Tel.: (11) 3147 7235

Cel.: (11) 97695 6489

Marina Bianchi

Tel.: (11) 3147 7398

Cel.: (11) 99997 0384

Michelle Rodrigues

Tel.: (11) 3147 7484

Cel.: (11) 98662 5219