Como funciona o Resfriamento do Bebê na UTI Neo

uti neonatalO Dr. Gabriel Variane, neonatologista do Hospital e Maternidade Santa Joana, explica como funciona a técnica de resfriamento em casos de asfixia perinatal nos bebês da UTI Neonatal.

“A Asfixia Perinatal, doença relacionada à falta de oxigênio e/ou fluxo sanguíneo ao bebê em momentos próximos ao nascimento”, diz o médico, “é uma das principais causas de morte e de sequelas neurológicas em recém-nascidos, acometendo entre 1 e 8 a cada mil nascidos vivos em todo o mundo”.

Se o bebê nasce com esse problema, a Hipotermia Terapêutica, popularmente chamada de resfriamento, é o tratamento padrão, explica o especialista. “Consiste em promover a redução da temperatura corpórea do recém-nascido para o valor alvo entre 33º C e 34º C durante o período de 72 horas após o nascimento”.

“Seu uso tem papel fundamental na redução da mortalidade, diminuição da gravidade da lesão cerebral e melhora da qualidade de vida do paciente”, esclarece Dr. Gabriel.

“Associado ao resfriamento destaca-se a importância do monitoramento neurofisiológico contínuo aEEG/EEG (Eletroencefalograma de Amplitude Integrada/Eletroencefalograma) com especial atenção para a detecção em tempo real de crises convulsivas e outros agravos neurológicos nestes pacientes”, finaliza.

Share

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*