Icterícia Neonatal: Descubra porquê Bebês podem Ficar “Amarelados”

Recém-nascidos com a pele e olhos amarelados. Por que isso acontece? Trata-se de uma condição chamada icterícia neonatal, que é mais comum do que se imagina.

A Dra. Clery Bernardi Gallaci, neonatologista do Hospital e Maternidade Santa Joana, explicou os aspectos que envolvem essa condição em entrevista para o site da revista Pais&Filhos.

De acordo com ela, a icterícia neonatal acomete entre 60% e 80% dos recém-nascidos; é causada pela presença de bilirrubina, um pigmento, no sangue do bebê, que é normalmente eliminado pelo corpo em poucos dias. Mas, em alguns casos, como por exemplo, incompatibilidade sanguínea entre a mãe e a criança, mãe com diabetes gestacional ou prematuridade, há excesso de bilirrubina, o que dificulta a eliminação pelo organismo.

“Cerca de 6% a 8% dos bebês com icterícia atingem nível para tratamento. Devemos lembrar que a bilirrubina é um antioxidante natural para o bebê e seu excesso é que faz mal,” recorda a médica.

Em situações assim, é necessário um tratamento simples, a fototerapia (conhecida como banho de luz), que deve ser feita no hospital, procedimento seguro e indolor.

Para saber mais sobre a icterícia neonatal, clique aqui e leia a reportagem completa da Pais& Filhos.

Share

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*