Pós-parto: como passar bem por essa fase

Logo após o parto, a nova mamãe deve passar por uma fase de quarenta dias de repouso, denominada clinicamente de puerpério. É nessa época que a mulher vai se recuperar do procedimento e retomará sua antiga rotina. Desconfortos e sangramentos, que diminuem progressivamente, são comuns até 40 dias após o parto. Além disso, mamães que passaram pela cesariana devem cuidar do corte e podem tomar analgésicos e anti-inflamatórios, por até uma semana para reduzir a dor, sempre sob orientação de seu obstetra.

“O puerpério é um período turbulento na elaboração de sentimentos, lidando com um ganho magnífico – o nascimento – e realizações, misturado com o sentimento de medos e perdas. É um momento de provação, no qual se têm muitas cobranças de si mesma e da sociedade.”, afirma o Dr. Bruno Liberman, obstetra do Grupo Santa Joana.

A depressão pós-parto é um problema comum, que atinge a todo tipo de mulher nesse período. Segundo o Dr. Liberman, é preciso diferenciá-la do desconforto emocional natural após o parto. “São raros os casos onde é preciso apelar para medicamentos e psicoterapia. O mais comum são períodos de melancolia e, depois de 40 a 60 dias, melhora”, explica o doutor.

Se a mamãe estiver sentindo-se deprimida, mesmo que esse período ainda não tenha terminando, ela deve procurar seu obstetra para que ele a aconselhe quanto ao melhor tipo de tratamento e/ou encaminhe seu caso para outros profissionais mais capacitados para ajudá-la, como psiquiatras e psicólogos.

Share

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*